Aspectos Psicológicos na Adolescencia

O adolescente nesta etapa vive no seu mundo interior. Para conhecer a própria personalidade, as suas ideias e ideais, compara-se com o mundo dos outros.

 

Dá impressão de apatia devido a preocupação repousada e reflexiva pelos próprios estados anímicos.

 

Esta interiorização abarca também as esferas intelectuais, filosóficas e estéticas, enchendo a sua vida com estas teorias.

 

As características mais próprias deste período, são:

  • Crescente consciência e conhecimento do “eu”.

  • Nascimento da independência.

  • Adaptação progressiva aos núcleos sociais da família, escola e comunidade em geral.

O espirito de independência cresce rapidamente, mas é imaturo ainda e manifesta-se com brusquidão e agressividade.

 

Independência e liberdade são as suas constantes exigências.

 

Opõe-se, portanto, a que o tenham sujeitado ou lhe perguntem sobre os seus assuntos, projetos, amigos com quem anda, ou a que se imiscuam na sua vida privada.

 

É capaz de albergar sentimentos de rancor, vingança e violência, embora de modo esporádico e sejam pouco duradoiros.

 

Manifesta uma grande preocupação por pormenores e gestos que observa na pessoa a quem imita e idealiza.

 

Interessa-lhe e procura conhecer a própria personalidade, mas é mais observador em relação à dos outros, tanto dentro como fora do núcleo familiar.

 

Aos 16 anos, o adolescente é já um pré-adulto, possui uma mente mais segura, porque está melhor ordenada e controlada.

 

Manifesta uma maior confiança em si mesmo e uma autonomia mais arraigada.

 

Em geral, domina perfeitamente as próprias emoções, possuindo um maior equilíbrio.

Valoriza mais os motivos pessoais dos outros, sejam colegas ou adultos, e pensa mais neles, pois se percebe de que o segredo da sua própria felicidade se encontra relacionada com a vida dos outros.

 

Sente-se mais livre e independente do que aos 15 anos, por isso já não o preocupa tanto esta exigência.

© 2019 Sibeli Arsenio Psicóloga

sons da natureza -
00:00 / 00:00